quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Homem preso confessou ter matado turista italiana em Morro de São Paulo

Italiana foi encontrada morta dentro de casa em Morro de São Paulo.
O homem preso nesta quarta-feira (23) por suspeita de matar a italiana Pamela Canzonieri, 39 anos, em Morro de São Paulo, confessou ter cometido o crime. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), a confissão de Antônio Patrício dos Santos, conhecido como “Fabrício”, foi feita durante interrogatório realizado nesta quinta (24) na Delegacia Territorial de Cairu. A titular da unidade policial, Argimária Soares Freitas, informou que solicitará a conversão da prisão temporária para a preventiva do acusado, que já possuía mandado de prisão expedido pela comarca de Valença.
Acusado tem envolvimento com o tráfico de drogas em Cairu.
Com passagem por associação ao tráfico na Delegacia de Cairu, autuado pela mesma delegada, 'Fabrício' contou a versão de que teria encontrado a vítima e juntos foram até o local onde ocorreu o crime (casa de Pamela). “Ele disse que tinha usado bastante cocaína antes de encontrar a italiana e que não se recordava muito bem dos detalhes. Vamos verificar toda a versão através de laudos periciais, depoimentos de testemunhas e provas colhidas na cena do crime”, explicou Argimária. A delegada contou que na época da primeira prisão “Fabrício” atuava vendendo entorpecentes na região. “Ele foi indiciado pelo crime de associação ao tráfico e na época se limitava a esta prática criminosa. Durante o interrogatório referente a este novo crime percebemos que ele se tornou uma pessoa mais agressiva após a passagem pelo sistema prisional”, declarou Argimária.

0 comentários:

Postar um comentário