segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Ipiaú: Em nota, prefeitura explica suspensão de contrato com alguns servidores do Samu

(Foto:Arquivo/Giro Ipiaú).
A prefeitura de Ipiaú emitiu uma nota à imprensa rebatendo os comentários de que teria demitido sumariamente os funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). De acordo com a Prefeitura Municipal de Ipiaú, o que aconteceu foi a antecipação da suspensão do contrato de trabalho de alguns profissionais de diversas áreas, incluindo a saúde, “fato que iria acontecer de qualquer forma e a qualquer momento, uma vez que a gestão atual está se encerrando e não pode transferir responsabilidades  de contratos para a futura administração”, informou. Na nota, a prefeitura ainda diz que houve uma considerável queda na arrecadação do município, fato que também contribuiu para que a antecipação da suspensão do contrato acontecesse. Ainda sobre o SAMU, a PMI informou que a vinda desse serviço para Ipiaú foi fruto de muito trabalho, dedicação e responsabilidade do atual governo municipal, uma vez que a gestão anterior afirmava que o SAMU jamais poderia vir para o município, já que tal benefício só seria possível para cidades com mais de 100 mil habitantes. A prefeitura informou também que, durante mais de 9 meses, a administração municipal manteve o funcionamento do SAMU com recursos do município, uma vez que não houve repasse de verbas do governo federal e muito menos estadual para que o serviço continuasse salvando vidas e evitando sequelas irreversíveis em um grande números de pessoas, principalmente os mais carentes.

0 comentários:

Postar um comentário