terça-feira, 22 de novembro de 2016

Laudo aponta que italiana morta em Morro de São Paulo foi esganada

Turista foi encontrada morta no dia 17 de novembro (Foto:Reprodução). 
O laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) aponta que a turista italiana encontrada morta em um imóvel em Morro de São Paulo, região turística da Bahia, foi esganada (asfixia pela compressão do pescoço com as mãos). A informação é da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) nesta terça-feira (22). Pamela Canzonieri, 39 anos, foi achada morta na noite do dia 17 de novembro. Segundo a secretaria, a Delegacia Territorial de Cairu, responsável pela investigação do crime, aponta que a italiana foi surpreendida dentro de casa, pois não havia sinais de arrombamento do imóvel. A polícia trabalha com duas linhas de investigações e a delegada responsável pelo caso, Argimária Freitas Soares, já colheu depoimentos de pessoas ligadas à vítima. Outros detalhes da investigação, como suspeitos e motivação, não foram informados pois, conforme a secretaria, a divulgação pode atrapalhar os procedimentos de investigação. 

Segundo as informações iniciais da delegada Argimária Soares, a italiana tinha o costume de passar os verões em Morro de São Paulo. A polícia encontrou vestígios de uso de drogas na casa onde a vítima estava, mas também não foram divulgados detalhes sobre a essa situação. Por meio de nota, o consulado italiano em Salvador informou que as unidades diplomáticas da Itália na capital baiana e em Recife estão a par do caso e interagindo com as autoridades policiais. Informou ainda que os familiares estão cientes do acontecido, mas não há detalhes de quando eles virão ao Brasil. *Informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário