quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Suspeito de matar argentino em Morro de São Paulo é carioca e já tem passagem pela polícia

SSP-BA divulgou imagem do suspeito nesta quinta-feira, 3.
O homem suspeito de ter assassinado um argentino na última terça (1º), após discussão na Segunda Praia de Morro de São Paulo, região turística do município de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, é o carioca José Henrique Pereira Pinto, 37 anos. Segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (3) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o suspeito trabalhava vendendo chocolate nas praias da região. Ainda de acordo com a SSP-BA, investigações preliminares apontam que o carioca se identificava como ex-agente público da Secretaria da Segurança Pública do Espírito Santo. Ele já tinha passagens pela polícia por causa de uma outra briga no distrito de Arraial d'Ajuda, no município de Porto Seguro (BA), em 2011.
Argentino Marcelo Gabriel Rey, tinha 38 anos.
A polícia informou que o suposto agressor e a vítima, identificada como Marcelo Gabriel Rey, de 38 anos, estavam em um bar, quando se desentenderam e começaram uma briga. O turista teria recebido um pontapé e caído. Ferido, ele foi encaminhado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a SSP-BA, informações preliminares apontam que o suspeito fugiu de Morro de São Paulo e ainda não foi localizado. O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Valença (DPT), onde passou por perícia. A SSP-BA informou que o corpo foi liberado e removido por integrantes do Consulado da Argentina na Bahia. A vítima trabalhava como garçom em um restaurante de Morro de São Paulo. A polícia não soube informar se ele e o suspeito se conheciam. Ainda de acordo com a polícia, o argentino não tinha familiares na cidade baiana. *G1/Bahia

0 comentários:

Postar um comentário