domingo, 13 de novembro de 2016

Testes rápidos de chikungunya da Bahiafarma podem ser liberados ainda este ano no SUS

O teste rápido foi desenvolvido pela Bahiafarma.
Os testes rápidos de chikungunya desenvolvidos pela Bahiafarma poderão ser liberados ainda este ano na rede pública de Saúde. Isto porque, segundo a coluna Satélite, no Correio, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, recomendou que o presidente do laboratório baiano acelerasse o processo junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Agora as amostras produzidas pela Bahiafarma, com registro obtido Anvisa desde o inicio de setembro, serão avaliadas pelos técnicos do órgão, e caso seja comprovada uma alta eficácia na detecção do vírus, o método será comprado pelo Ministério da Saúde e distribuído em larga escala pelo SUS. O teste rápido foi desenvolvido pela Bahiafarma, em parceria com pesquisadores da empresa sul-coreana Genbody.

0 comentários:

Postar um comentário