quarta-feira, 23 de novembro de 2016

TRE julga ação que deve definir eleição em Itabuna nesta quinta (24)

Fernando Gomes foi o mais bem votado, mas esbarrou na justiça eleitoral.
Por falta de quórum, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) adiou, na última terça-feira (22), o julgamento da ação contra o candidato a prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM). O processo deve pôr um fim ao imbróglio eleitoral que o município vive, uma vez que o democrata teve maioria dos votos válidos, mas sua candidatura se encontra impugnada e agora a Justiça Eleitoral julgará o caso nesta quinta-feira (24). A sessão desta terça caiu devido a ausência do desembargador e vice-presidente do TRE, José Edivaldo Rocha Rotondano. O candidato Dr. Mangabeira (PDT) teve 18.813 mil votos (26,41%), mas por conta da situação jurídica envolvendo o candidato com maior votação, não deve levar a prefeitura em nenhuma hipótese. Se o Judiciário confirmar a inaptidão de Gomes para a prefeitura, uma nova eleição deverá ser convocada pela Justiça Eleitoral. No entanto, se o TRE considerar Gomes apto para exercer o cargo eletivo, o mesmo assumirá o posto em janeiro de 2017.

0 comentários:

Postar um comentário