quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Falso policial federal é preso em ação que resgatou 1.800 animais na Bahia

Foto:Divulgação/PRF.
Um homem de 57 anos que se passava por policial rodoviário federal aposentado, e que mantinha em cativeiro 18 animais silvestres sem autorização, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (30), na cidade de Paulo Afonso, na região norte da Bahia. Segundo a polícia, com o suspeito também foram encontradas 12 armas, apetrechos para caça e armadilhas capazes de capturar mamíferos de grande porte. A ação que prendeu o suspeito fez parte da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI), que ocorre na região do São Francisco desde o dia 20 para resgatar animais silvestres mantidos em cárcere de forma irregular. O número de animais resgatados até esta quarta, último dia da ação, chega a 1.800. O homem preso nesta quarta foi localizado após os investigadores receberem denúncias de que um suposto policial mantinha diversos animais silvestres em sua residência, localizada no bairro Vila Nobre. Segundo a polícia, o homem era conhecido na cidade como 'Federa', uma alusão ao cargo de agente federal. No imóvel, entre os animais encontrados estão patos selvagens, pássaros e seriemas. Conforme a polícia, até os funcionários do suspeito acreditavam que ele fosse de fato servidor público aposentado. Porém, ao ser questionado pela fiscalização sobre a sua profissão, ele admitiu que jamais integrou os quadros das referidas instituições e que se aposentou como detetive particular de uma empresa privada. O suspeito vai responder por crimes ambientais e pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso, onde foi arbitrada uma fiança de R$ 12 mil. As medidas administrativas aplicadas pelo IBAMA somaram um valor de R$ 9 mil. 

0 comentários:

Postar um comentário