sexta-feira, 19 de maio de 2017

Geddel era ligação entre dono da JBS e Michel Temer

No áudio, Joesley destaca que "Geddel sempre estava ali". 
O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi apontado, na gravação feita pelo dono da empresa JBS, Joesley Batista, como a "ponte" entre o presidente Michel Temer e a empresa. No áudio, Joesley destaca que "Geddel sempre estava ali". "Mas Geddel também, com esse negócio, eu perdi o contato porque ele virou investigado, agora eu não posso também. Eu não posso encontrar com ele", explica o empresário ao presidente durante o diálogo. Temer concorda com o dono da JBS, afirmando para ele "ir com cuidado" porque isso poderia figurar "obstrução da Justiça". O empresário, então, questiona qual seria a melhor forma de falar com o presidente, uma vez que por intermédio de Geddel estaria mais difícil. O homem apontado por Temer para fazer essa transição seria Rodrigo da Rocha Loures, presidente da Fiep. "Se for alguma coisa que eu preciso tratar, falo com Rodrigo. Se for algum assunto desse tipo aí.. marcamos aqui.. Funciona super bem. [Nos encontramos] onze horas, dez e meia.. vem aqui, a gente conversa uns dez minutinhos, meia horinha", disse Joesley. *Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário