quinta-feira, 29 de junho de 2017

Garimpo de ametistas em Sento Sé é interditado pelo DNPM

Foto: Arisson Marinho/CORREIO
O garimpo de ametistas em Sento Sé, no Vale do São Francisco, foi parcialmente interditado. A decisão é do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) que tomou a medida após encontrar irregularidades na atuação dos garimpeiros que estão na jazida localizada na Serra da Quixaba. Conforme o superintendente do DNPM na Bahia, Raimundo Sobreira, a intenção é evitar acidentes, com risco até de mortes para quem está no local. Ao G1, ele informou que a decisão ocorreu após a segunda visita do órgão à jazida, entre os dias 19 e 22 de junho. Na inspeção, o órgão autuou onze buracos, também chamados de cortes, feitos na terra pelos garimpeiros e onde eles entram para colher as ametistas. Ainda segundo o DNPM, caso as irregularidades não sejam corrigidas, o órgão estuda a evacuação da mina. Milhares de pessoas já se deslocaram para a jazida de ametista de Sento Sé desde que o local foi descoberto em maio passado. No local, as pedras são vendidas por preços que variam de R$ 500 a R$ 3 mil. 

0 comentários:

Postar um comentário