sexta-feira, 23 de junho de 2017

Ipiaú: Allisson Cafeseiro e Rogério Ferrari valorizam exposição no Casarão

 Dentre outras preciosidades, coube a Allisson fotografar o raro “gravatazeiro”.
O ipiauense Allisson Cafeseiro, residente em Ibirataia, enfeita o Salão de Artes Visuais, que acontece no Casarão de Zé Américo, a partir da próxima segunda-feira, 26, com uma bela exposição que retrata pássaros e aves observados na Mata Atlântica e outros habitats. Dentre outras preciosidades, coube a ele fotografar o raro “gravatazeiro”, pássaro que vive no município de Boa Nova e adjacências.  Allisson  também assegurou imagens do beija-flor-de-peito-azul, cardeal-do-nordeste, tiê-sangue, campainha-azul e tantas outras preciosidades das nossas matas e campinas. Plumagens multicoloridas, maviosos cânticos, encantos da natureza, os modelos de Allisson aguçam a sensibilidade e indicam a necessidade da preservação. A mostra, com o apoio da Prefeitura Municipal de Ipiaú (gestão Maria das Graças), resume muitos anos de observação e dedicação ao patrimônio ambiental. 
Imagens registradas por Rogério Ferrari sobre o cotidiano do povo cigano.
Outra atração na exposição do Casarão, no segmento fotografia, é a mostra de Rogério Ferrari sobre o cotidiano do povo cigano. Rogério é natural de Ipiaú e tem projeção internacional. Seu trabalho fotográfico já foi mostrando em diversos países. Durante três  meses, entre 2010 e 2011, Rogério Ferrari  percorreu 40 municípios do interior da Bahia para registrar  cenas da comunidade cigana que se mantém no propósito de preservar sua cultura, apesar das influências externas.

0 comentários:

Postar um comentário