segunda-feira, 17 de julho de 2017

Espetáculo ‘Joelma’ volta em cartaz na Bahia em julho

A encenação traz ao público a história de Joelma, uma das primeiras transexuais da Bahia e do Brasil. 
O espetáculo Joelma volta em cartaz na Bahia com cinco apresentações de 7 a 28 de julho, entre as cidades de Salvador, Jequié, Ipiaú e Feira de Santana. A encenação traz ao público a história de Joelma, uma das primeiras transexuais da Bahia e do Brasil. Ao longo dos seus 72 anos de vida, ela transitou por diferentes lugares passando por diversos acontecimentos. Sua história resguarda elementos relativos a questões de gênero e de religiosidade. Uma história de afirmação e reinvenção mesmo diante de preconceitos e injustiças, instaurando ética e respeito. Joelma é uma adaptação do curta-metragem homônimo dirigido por Edson Bastos, que assina, junto com Fábio Vidal, a direção e autoria da peça. A versão para os palcos aprofunda inúmeras referências estabelecidas no filme, gerando uma nova obra experimental, que converge ao teatro, cinema e dança. O texto aborda questões de gênero e de religiosidade, através da história de Joelma, repleta de preconceitos e injustiças. A inadequação de uma mulher nascida num corpo de homem, natural da cidade de Ipiaú (BA), é contada nessa produção baiana que traz em sua narrativa um tom de drama policial. Na trama, Joelma migra para São Paulo, onde vive por 30 anos, e faz a sua cirurgia de trangenitalização (mudança de sexo), para, enfim, retornar a sua cidade natal afirmando sua nova identidade. A montagem volta a Salvador, para duas apresentações no Teatro Gregório de Matos, nos dias 7 e 8 de julho, às 19h. Jequié recebe uma sessão no dia 15 de julho, às 20h, no Centro de Cultura ACM. Já em Ipiaú, o espetáculo chega no dia 21 de julho, às 20h, no Auditório do CEI (Colégio Estadual de Ipiaú). Em Feira de Santana, a peça contará com uma sessão no dia 28 de julho, às 20h, no Centro de Cultura Amélio Amorim.

0 comentários:

Postar um comentário