terça-feira, 25 de julho de 2017

Governo federal terá plano de demissão voluntária para serviço público

A intenção do governo é diminuir gastos com folha de pagamentos.
O governo federal edita nos próximos dias uma medida provisória para criar um programa de demissão voluntária (PDV) para servidores públicos do Executivo. O Ministério do Planejamento confirmou a novidade nesta segunda-feira, 24, mas afirmou que as regras ainda não estão definidas. A proposta inicial deve ser de que servidores que aderirem tenham direito a um salário e meio para cada ano trabalhado. A intenção é diminuir gastos com folha de pagamentos. Nos últimos 3 anos, os gastos da União com servidores aumentaram em relação ao Produto Interno Bruto (PIB). Em 2014, foram gastos R$ 222,37 bilhões (3,8% do PIB) para pagar o funcionalismo. Em 2015, o valor foi de R$ 238,49 bilhões (o equivalente a 4% do PIB). Já em 2016, chegou a 257,87 bilhões (4,1% do PIB). O aumento acontece principalmente por conta da recessão, que derrubou o PIB, diz o Ministério do Planejamento. Por conta da crise, o governo já diminuiu a autorização para concursos. Mesmo assim, o presidente Temer sancionou a lei que reajusta salário de oito categorias do serviço público, que vai beneficiar  68.149 pessoas.

0 comentários:

Postar um comentário