quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Coordenador do Samu diz que existe possibilidade de encontrar mais corpos

Foto: Marina Silva/CORREIO
O Coordenador de Urgência de Salvador, Ivan Paiva Filho, afirmou na noite desta quinta-feira (24), durante entrevista ao programa Se Liga Bocão, da Itapoan FM, que há possibilidade de corpos de mais vítimas aparecerem. Ele explicou que em acidentes desse tipo é os corpos terminam submergido e muitos deles voltam a superfície dias depois. "É provável que amanhã ou depois apareça". Na coletiva de impresa à tarde, Paiva disse que é pouco provável ainda encontrar alguém com vida. A lancha Cavalo Marinho I naufragou na Baía de Todos os Santos, na manhã desta quinta, com 120 pessoas a bordo. A Capitania dos Portos afirmou, inicialmente, que 23 pessoas morreram na tragédia, mas o prefeito de Vera Cruz divulgou oficialmente 18 mortos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o Instituto Médico Legal (IML) do Departamento de Polícia Técnica só havia recebido corpos de 14, das 18 vítimas mortas na tragédia do naufrágio até às 18. Cinco foram encaminhadas para a sede, em Salvador, e outras nove à Coordenadoria do DPT em Santo Antônio de Jesus. Dez vítimas foram identificados: Antônio de Jesus Souza, Tiago Henrique de Melo Barreto, Tais Medeiros Ramos de Sales e Ivanilde Gomes da Silva, trazidas para Salvador. Já em Santo Antônio de Jesus, familiares reconheceram Darlan Queiroz Reis Julião, de apenas dois anos, Lais Pita Trindade e Dulciana dos Santos Queiroz. No total, dez pessoas foram identificadas. 

0 comentários:

Postar um comentário