quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Geddel Vieira Lima é denunciado pelo MPF por obstrução de Justiça

O crime de obstrução prevê reclusão de três a oito anos, além de multa.
O Ministério Público Federal irá apresentar uma denúncia contra o ex-ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, nesta quarta-feira (16) pelo crime de obstrução de Justiça por supostamente ter tentado impedido a delação do operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro. De acordo com a coluna do jornalista Matheus Leitão, uma ação por improbidade administrativa também será impetrada por Geddel ter "pressionado" o então ministro da Cultura Marcelo Calero a conseguir liberação para o prédio La Vue, que havia sido embargado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Pelo crime de obstrução de Justiça, o artigo 2º da Lei 12.850/13 prevê reclusão de três a oito anos, além de multa. Os procuradores do MPF ainda pedem que seja acrescido de um terço a dois sextos, tendo em vista que a prática teria se repetido entre julho de 2016 e julho de 2017. Com relação à ação de improbidade administrativa, o MPF pede que o ex-ministro tenha seus direitos políticos suspensos pelo período de até cinco anos, ser proibido de firmar contratos com o poder público e pagar multa. 

0 comentários:

Postar um comentário