sábado, 26 de agosto de 2017

Ao menos duas pessoas que estavam em lancha que naufragou continuam desaparecidas

Além da queixa oficial de dois desaparecimentos, faltam informações sobre outras 11 pessoas.
Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) tem o registro oficial de que, ao menos, duas pessoas que estavam na embarcação que virou na Baía de Todos-os-Santos continuam desaparecidas. Dezoito pessoas morreram na tragédia. Um dos desaparecidos é o eletricista Salvador Souza Santos, de 68 anos. O filho dele, Márcio Santos, prestou denúncia sobre o desaparecimento nesta sexta-feira (25). “[Fui orientado a] dar queixa aqui, porque a Capitania dos Portos já estava para suspender as buscas. Aí, tem que dar queixa para registrar que tem um desaparecido”, disse. A segunda pessoa, que teve registro desaparecimento, ainda não teve o nome divulgado.
Foto: Marina Silva/CORREIO
A SSP disse que está se baseando em relatos de duas famílias que disseram que os parentes sumidos estavam na lancha. As buscas pelos desaparecidos, que foram retomadas na manhã desta sexta-feira (25), foram encerradas às 17h. Segundo o Corpo de Bombeiros, os trabalhos serão retomados neste sábado (26), às 7h, com a ajuda de um software que deve permitir uma visualização mais precisa do possível trajeto percorrido por possíveis corpos diante da correnteza. Além da queixa oficial de dois desaparecimentos, faltam informações sobre outras 11 pessoas que estariam na embarcação. A polícia tem informações de que algumas delas não tiveram ferimentos e não chegaram a dar entrada em hospitais. Por isso, não há um número preciso de desaparecidos.
*Com informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário