quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Geddel quer fechar delação premiada em troca de blindagem para família, diz blog

Segundo o blog o Antagonista, Geddel estaria disposto a fazer a delação premiada.
Preso desde a última sexta-feira (8), o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) estaria interessado em fechar um acordo de delação premiada com a Justiça. A prerrogativa que ele tenta negociar é a blindagem de seus familiares – seus irmãos, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB), e o diretor legislativo da Câmara dos Deputados, Afrísio Filho, e sua mãe, Marluce. A informação foi divulgada pelo blog O Antagonista. Alvo da Operação Tesouro Perdido, que é desdobramento da Cui Bono?, Geddel foi preso após ter suas digitais identificadas no bunker de R$ 51 milhões, encontrado pela Polícia Federal (PF), no bairro da Graça, em Salvador. A operação investiga ilegalidades na liberação de crédito da Caixa Econômica Federal (CEF), no período entre 2011 e 2013 quando o peemedebista ocupou a Vice-Presidência de Pessoa Jurídica do banco. Em depoimento à Polícia Federal (PF), em Brasília, o ex-ministro não disse nada. Os advogados de defesa afirmam que ele só deve se pronunciar em juízo. Assim como o irmão, Lúcio também não tem se pronunciado e anda afastado das atividades no Congresso desde então.

0 comentários:

Postar um comentário