sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Ipiaú: Polícia Civil elucida mais dois homicídios registrados no município

Equipe da Polícia Civil divulgou mais dois homicídios elucidados (Foto: Giro Ipiaú)
A Polícia Civil de Ipiaú divulgou na tarde dessa sexta-feira (22) a elucidação de dois homicídios registrados esse ano no município. De acordo com as investigações do Serviço de Inteligência (SI) da Polícia Civil, coordenado pelo Investigador Antônio Araponga, o autor dos tiros que matou o jovem Álefe Lopes dos Santos, de 17 anos, registrado no dia 1º de agosto no bairro ACM (ver matéria), foi Danilo Nogueira dos Santos, apelidado de "Dan".
Segundo a polícia, Álefe teria sido executado por Danilo e um comparsa.
Conforme a polícia, ele praticou o crime com a ajuda de um comparsa numa motocicleta. Dan chegou a ser preso por posse ilegal de arma no dia 04 de abril (ver aqui). Na casa dele foi encontrado um revólver usado por um estudante que acabou disparando acidentalmente e atingindo o rosto de uma aluna do Colégio Estadual de Ipiaú (ver aqui). Na ocasião, Danilo foi preso e encaminhado para o Conjunto Penal de Jequié.
Danilo, morto no início do mês, era acusado de matar Álefe, segundo informou a polícia.
Segundo informou o delegado-adjunto, Rodrigo Fernando, responsável pelo inquérito, em meados de julho, Dan saiu do presídio com a missão de matar Álefe, que seria integrante de uma facção rival. Danilo chegou a ser ouvido pelas autoridades policiais no dia 31 de agosto, e negou as acusações. No dia 05 de setembro, ele foi assassinado, o que teria sido uma resposta ao crime por praticado por Danilo. A Polícia Civil informou que as investigações sobre a autoria do homicídio contra Danilo estão bem avançadas. 

Outro homicídio elucidado pela Polícia Civil
Homicídio registrado em maio desse ano no bairro Democracia também foi elucidado.
O outro homicídio elucidado e divulgado pela Polícia Civil foi o crime registrado no dia 06 de maio desse ano. Na ocasião, a vítima, identificada como Leandro Araújo dos Santos, apelidado de "Léo Seco", foi executada a tiros na Rua Dr. Antônio Marques, bairro Democracia (ver matéria). O autor do homicídio, segundo a polícia, teria sido Vinícius da Conceição, apelidado de Vini. Conforme as investigações do Serviço de Inteligência da Polícia Civil, "Léo Seco" teria vendido uma motocicleta modelo Suzuki, de cor amarela, à Vinicius. O veículo foi roubado na cidade de Jequié. Ainda segundo a polícia, no dia do crime, a vítima foi procurar Vinícius portando uma faca para cobrar o dinheiro referente à venda da moto, e que teria sido roubada em Jequié.
Apontado como autor do homicídio, Vini é procurado pela polícia.
"A vítima, Léo Seco, bateu na janela da residência de Vini com a faca, sendo que este último revidou com um tiro que atingiu a perna da vítima. Em seguida, Vinícius, pulou a janela e atirou com um revólver calibre 38, pela segunda vez em Léo Seco, atingindo-o na nuca, fatalmente. A companheira da vítima informou, inclusive, que no dia 05 de setembro último, Vini a ameaçou com o mesmo revólver que atirou em seu companheiro", informou o delegado-adjunto, Dr. Rodrigo Fernando. Vinícius está preso no Conjunto Penal de Jequié, por tráfico de drogas. O mandado de prisão preventiva expedido pela justiça em seu desfavor, referente ao homicídio, deverá ser cumprido nos próximos dias. 

Em contato recente com o GIRO, o delegado titular de Ipiaú, Dr. Ivan Lessa, afirmou que sua equipe, apesar das dificuldades, trabalha incansavelmente para elucidar os crimes e prender os culpados e destacou a importância da denúncia de populares para ajudar a polícia nas investigações. Esse ano o município de Ipiaú já registrou 20 homicídios, quase a totalidade deles já foram elucidados pela Polícia Civil. (Giro Ipiaú)

0 comentários:

Postar um comentário