quinta-feira, 14 de setembro de 2017

PMDB formaliza afastamento de Geddel das funções partidárias por 60 dias

O peemedebista voltou a ir para a cadeia na última sexta (8).
A cúpula do PMDB formalizou nesta quarta-feira (13) o afastamento do ex-ministro Geddel Vieira Lima da sigla pelos próximos 60 dias. Ele havia pedido licença de suas funções como primeiro-secretário da direção nacional da legenda e estava afastado da presidência do partido na Bahia desde julho, quando havia sido preso pela primeira vez. O peemedebista voltou a ir para a cadeia na última sexta (8), após a Polícia Federal encontrar R$ 51 milhões em um apartamento emprestado a ele. Geddel está preso na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal. Outra afastada das funções foi a senadora Kátia Abreu (TO), também suspensa por 60 dias, por fazer declarações públicas contra a cúpula do partido. 

0 comentários:

Postar um comentário