sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Prefeito de Jitaúna rebate denúncias e divulga obras conquistadas nos 9 meses de sua gestão

Prefeito Patrick Lopes rebateu às denúncias da oposição (Foto: Giro Ipiaú)
O prefeito de Jitaúna, Patrick Lopes (PDT), comentou a denuncia de um suposto superfaturamento numa estrutura contratada pela prefeitura para a realização da festa junina nos distritos de Santa Terezinha e Vila Temão (ver aqui). Na denuncia, publicada aqui no GIRO, foi exibida a Nota Fiscal e o comprovante de pagamento no valor de R$ 30 mil para a realização da festa no período de 23 e 24 de junho deste ano. O que chamou a atenção dos moradores de Santa Terezinha foi a estrutura do palco montado no distrito, o que gerou críticas nas redes sociais e levou a vereadora Rúbia Cristina (PT) a Em nota compartilhada nos meios de comunicação, o prefeito se defende das acusações e justifica: "Referente a denúncia e as notícias divulgadas em diversos blogs da região sobre o valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) pagos pela Prefeitura de Jitaúna em apenas 1 palco é totalmente equivocada e distorcida. Em nosso contrato firmado com a empresa Jerry Estruturas (veja aqui) o valor de R$ 30 mil foram utilizados para pagar as locações de palcos, equipamentos de som e grupos musicais da região para a realização do São João dos Distritos que efetivamente levou muita alegria e diversão para os distritos de Vila Temão e Santa Terezinha no período junino. Todos esses documentos e maiores explicações estão disponíveis na prefeitura para que qualquer cidadão possa ter acesso", disse Patrick em nota.

O prefeito ainda segue com os comentários: “A responsabilidade com o dinheiro público é uma prioridade em nossa gestão e só para servir de comparação, é importante lembrar que todos os eventos realizados pela prefeitura neste ano de 2017, como a IV Cavalgada do Trabalhador, o resgate do São João nos distritos e a volta do tradicional São Pedro de Jitaúna - festa esta considerada pela nossa população com uma das melhores já realizadas nos últimos anos - se somadas tiveram um custo de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais aos cofres do município) contra os R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) gastos somente em um único São Pedro de toda uma gestão da qual a vereadora denunciante tinha total poder e regalias”. 

Ainda na nota, Patrick cita várias obras já conquistadas em seu governo e critica a oposição: "A essas minorias de pessoas, eu apenas respondo com trabalho: "Fica claro que a intenção de poucas pessoas em nossa cidade é apenas de atrapalhar e torcer para que nosso mandato não der certo. Mas com muita dedicação e força em Deus temos consigo em apenas nove meses de governo, melhorar a vida do nosso povo; 50% das obras concluídas da fábrica de polpa; Ponte concluída que liga a região dos Passos a região do Hilário (recursos próprios);  80% das obras concluídas da praça Maria do Rosário (recursos próprios); Início da construção da nova Creche Hilda Rocha Lopes; Pagamento integral ao piso dos professores (antes era parcelado); Uma nova ambulância para a Saúde; Início do calçamento com serviço de saneamento básico do Bairro Gilda Ramos; 60% das obras concluída das 22 casas do programa Minha Casa Minha vida; Realização do São Pedro de Jitaúna no primeiro ano de gestão;  Entrega do Velatório Municipal; Nova viatura para a Guarda Civil Municipal", conclui a nota do prefeito.

0 comentários:

Postar um comentário