quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Professores das universidades estaduais fazem paralisação nesta quarta

Docentes farão protesto nesta quarta no Centro Administrativo da Bahia (CAB).
Os professores das universidades estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesc e Uesb) realizam paralisação das atividades acadêmicas nesta quarta-feira (27) reivindicando a abertura de negociação entre o governo do Estado e a categoria. No mesmo dia, os docentes, acompanhados de técnicos e estudantes, farão ato na Secretaria da Educação (SEC), localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB) – a previsão é de que cheguem a Salvador caravanas com membros da comunidade acadêmica de outros campi. De acordo com a Associação de Docentes da Uneb (Aduneb), a pauta de reivindicações foi protocolada junto à Governadoria, à Secretaria Estadual da Administração (Saeb) e à SEC no dia 19 de dezembro de 2016. Os docentes de Uefs, Uesc e Uesb já aprovaram indicativo de greve. Entre os tópicos, está o reajuste linear de 30,5% -- a categoria estima um prejuízo de quase 20%, após 2 anos sem a recomposição inflacionária. Há também o pagamento de adicional de insalubridade e totalização das progressões e promoções (há uma lista de espera de 443 professores). 

0 comentários:

Postar um comentário