sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Quatro pessoas suspeitas de incendiar ônibus em Salvador são presas

Segundo a polícia, todos os envolvidos têm extensa ficha criminal (Foto: Divulgação)
Quatro suspeitos de atear fogo em um ônibus na noite da última segunda-feira (28), na rua Nilo Peçanha, bairro da Calçada, em Salvador, foram presos nesta quinta-feira (31). O grupo foi preso na localidade conhecida como Beco do Sabão, na Calçada. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública ao G1, Com João Vitor Teles dos Santos, 20 anos; Robson da Conceição, 34; Amanda Marina Santos Farias, 21; e Roberto Sacramento Nogueira, 42; foi apreendido um recipiente com a sobra da gasolina utilizada na ação criminosa, além de cocaína, maconha e aparelhos celulares roubados. Ainda segundo a SSP-BA, eles fazem parte da mesma facção que comandou, na mesma noite, a queima de outro ônibus próximo à localidade do Milho, no bairro do IAPI. O delegado José Nélis, titular do Grupo de Repressão a Roubos em Coletivos da Polícia Civil (Gerrc) disse que os ônibus foram incendiados por ordem do traficante Osmar Santos Souza, 37, ainda foragido. Ainda segundo o delegado, os coletivos foram queimados em retaliação ao assassinato do traficante Jean Carlos dos Santos Cardoso por uma facção rival. “Todos os envolvidos, com extensas fichas criminais, estão sendo processados por tráfico de drogas, associação criminosa e dano qualificado ao patrimônio”, disse Nélis.

0 comentários:

Postar um comentário