quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Simip divulga nota sobre paralisação realizada em Ipiaú

Audiência Pública com servidores aconteceu na segunda e terça-feira na Câmara Municipal.
"Com apenas 10 meses de existência, mas com  a determinação de quem chegou pra definitivamente ficar e defender fielmente os direitos da sua categoria, o SIMIP – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ipiaú deu, nos dias 4 e 5 deste mês, segunda e terça-feira próximas passadas, durante a paralisação ocasionada pelo não atendimento das suas solicitações por parte da gestão público municipal, uma inequívoca demonstração de que é possível exercer o legítimo direito de manifestação garantido pelo Art.5º, XVI, da Constituição Federal, de forma pacífica, organizada e responsável, ainda que alguns prepostos da atual administração municipal, a mesma que se recusa a dialogar com o SIMIP e muito menos atender seus pleitos, tentassem descaracterizar o movimento perante a opinião pública, objetivo não alcançado pois falou mais alto o desejo de justiça e de respeito.

Alguns secretários, diretores e assessores que recebem salários altíssimos em relação aos salários recebidos pelos servidores efetivos que na sua grande maioria recebem um salário mínimo, tentaram impedir o movimento, promovendo tumulto na porta da prefeitura, na conhecida atitude de fura-paralisação.

Além disso, essa mesma administração municipal que se recusa a atender as solicitações do funcionalismo, mobilizou radialistas, blogueiros e outros profissionais da imprensa, sabe-se lá através de qual ameaça ou promessa, para criar factoides com o intuito de diminuir o tamanho do movimento. Outro fracasso, pois o tamanho da ação dos servidores não se mede pelo número de pessoas que compareceram à manifestação e sim pelo despertar cada vez maior da consciência de luta do funcionalismo público municipal.

A PARALISAÇÃO realizada pelo SIMIP foi um sucesso. A gestão municipal sabe disso, pois sentiu abalar em apenas dois dias as suas estruturas, as quais não encontram naqueles que a sustentam, base e equilíbrio.

Na PARALISAÇÃO, ignorando o fato de o MST também ser um movimento organizado de defesa das minorias, só que composto de gente do povo, trabalhadores que também tiram da luta a força. Também de forma equivocada, como de costume, prepostos da Prefeitura de Ipiaú tentaram passar para a comunidade que a presença da Polícia Militar durante o evento deveu-se a pedido da administração municipal. Não é verdade, pois o SIMIP enviou ofício à 55ª CIPM para através da gentileza do preposto da PM se fazer presente ao evento e garantir a ordem e a paz. O SIMIP sempre esteve aberto a dialogar com a gestão. A luta continua, pois desistir da luta ante as demandas de melhorias da vida do servidor público de Ipiaú, jamais!

QUE NOSSA CORAGEM SEJA MAIOR QUE NOSSOS MEDOS.
QUE NOSSA FORÇA SEJA TÃO GRANDE QUANTO NOSSA FÉ.
SIMIP, JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!"
*Nota do SIMIP

0 comentários:

Postar um comentário