terça-feira, 31 de outubro de 2017

Brasil: Chapecoense doará R$ 28,8 mil mensais a familiares de vítimas de acidente aéreo

Presidente da Chapecoense (no meio) celebra acordo com dirigentes da Abravic.
A Chapecoense anunciou oficialmente nesta terça-feira (31) que firmou parceria com uma associação criada para auxiliar familiares de vítimas do trágico acidente aéreo que matou 71 pessoas - incluindo quase todos os jogadores do time catarinense, o técnico Caio Júnior, dirigentes e profissionais de imprensa - em novembro do ano passado, na Colômbia, onde o avião que transportava a equipe caiu próximo ao aeroporto de Medellín. A equipe viajava para disputar o jogo de ida da final da Copa Sul-Americana. A parceria foi fechada com a Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense (Abravic) e está enquadrada na campanha denominada "13º Jogador", que tem o objetivo de ajudar familiares das vítimas da tragédia. Por meio da nota oficial, a Chapecoense confirmou que o acordo assinado entre as partes prevê que o clube pagará mensalmente R$ 28,8 mil à associação. O valor será usado para "execução e promoção de programas de assistência social aos familiares das vítimas (com ênfase para serviços de saúde), sempre zelando pela boa qualidade e transparência das ações e também dos serviços prestados", prometeu o clube de Santa Catarina. A parceria assinada estipulou que essa ajuda ocorrerá até pelo menos outubro de 2018, mas o acordo poderá ser prorrogado caso obtenha o sucesso desejado.

0 comentários:

Postar um comentário