quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Intermunicipal: Técnico de Eunápolis critica arbitragem e postura do time de Ipiaú

Beto Oliveira justificou o mau resultado de sua equipe criticando a arbitragem (Foto: Atlântica News)
O empate em 0 a 0 entre a Seleção de Eunápolis e Seleção de Ipiaú ainda repercute em Eunápolis. Em entrevista concedida a TV Eunápolis, o técnico Beto Oliveira justificou o mau resultado de sua equipe criticando a arbitragem e também a postura extremamente defensiva da seleção de Ipiaú. “Foi um jogo de um time só. Do começo ao final o nosso time estava em cima deles, que marcaram sempre do meio-campo pra trás, atrás da linha da bola. O time deles também estava sempre caindo, ganhando tempo, quando tinha um escanteio eles demoravam...”, criticou Beto. Para conseguir a classificação, o treinador se apega ao bom retrospecto de Eunápolis fora de casa que ainda não perdeu nenhuma partida. “O time deles em casa não perdeu nenhuma partida, e o nosso time fora de casa também não perdeu nenhuma partida. Lá eles vão ter que jogar, porque aqui eles não jogaram, vieram para empatar o jogo”, afirmou Beto, que acrescentou: “Não podemos nos desesperar com esse empate. Contra o [Vitória da] Conquista nós conquistamos a classificação lá dentro. Quando visitamos Itamaraju, disseram que nosso time ia tomar uma goleada. Chegamos lá e vencemos. Então está tudo aberto. É trabalhar firme e forte e ir em Ipiaú e se classificar”, comentou Beto, em tom otimista.
Seleção de Ipiaú empatou com Eunápolis no último domingo (Foto: Miro Fernandes/GIRO)
Sobre a arbitragem, Beto Oliveira criticou duramente a atuação do trio, sobretudo o árbitro central Rosivaldo Bispo de Itabuna. “Tivemos uma falta perto da linha da grande área, e aí você tem um árbitro e dois auxiliares. Ele marcou a falta e foi conversar com o técnico de Ipiaú. Enquanto isso, o jogador de Ipiaú tirou a bola do lugar, colocou onde quis, 10 metros atrás do lugar certo, e o árbitro aceitou. Meu jogador foi reclamar, ele deu cartão amarelo ao meu jogador. Também teve um lance dentro da área que meu jogador foi derrubado e ele não marcou pênalti. Um drone sobrevoou o estádio ele parou o jogo, nunca vi isso, tanta paralisação”, analisou. As seleções de Ipiaú e Eunápolis voltam a se enfrentar no próximo domingo (22), no estádio Pedro Caetano.
*GIRO/Romário Henderson

0 comentários:

Postar um comentário