domingo, 29 de outubro de 2017

Ipiaú: Coelba retira caixas de provedores de internet instaladas em postes

Milhares de usuários de internet devem ser prejudicados com a ação da Coelba (Foto: Giro Ipiaú)
A  Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba) iniciou na manhã deste domingo (29) a retirada de caixas de distribuição de internet instaladas em postes na cidade de Ipiaú. A ação deve interromper o fornecimento dos serviços de internet em centenas de lares e estabelecimentos comerciais no município. Segundo a Coelba, o serviço faz parte do Plano de Ordenamento das Redes de Distribuição de Energia, Telecomunicações e Iluminação Pública. "Todos os provedores que não estão regularizados perante a Coelba nós estamos retirando. O único que nós estamos deixando é o da OI", informou ao GIRO, Suzart- Coordenador da Coelba em Ipiaú. O representante da empresa de eletricidade também alega que as instalações, sem as devidas orientações, estão causando acidentes e transtornos aos usuários de energia. "Eles têm que apresentar um projeto para a Coelba para o uso mútuo dos postes. Alguns estão usando aí e causando até curto na rede de iluminação pública", comentou Suzart. 

Nossa reportagem ouviu o representante de uma das empresas de fornecimento de internet na cidade. Ele informou que não recebeu nenhum aviso prévio da companhia de eletricidade sobre a retirada das caixas e que tem interesse em regularizar a situação perante a Coelba, mas que a companhia "ainda não especificou os parâmetros necessários para a elaboração do projeto. "O que a Coelba está querendo cobrar da gente é impossível para um provedor de pequeno porte pagar. Pra OI e outras operadoras eles cobram menos de R$ 0,20 por poste, e pra gente quer cobrar R$ 6,99", disse. O engenheiro da Coelba, Rodrigo Matos, informou ao GIRO que alguns representantes de provedores de internet foram informados verbalmente que a partir de outubro a Coelba iria iniciar a retirada das caixas de distribuição dos serviços de dados. Ele acrescentou que a partir dessa segunda-feira (30), os representantes dos provedores de internet podem procurar o escritório da Coelba na cidade para receber suas caixas de distribuição e saber detalhes de como regularizar a situação para o uso mútuo dos postes de eletricidade. *Em contato posterior com o GIRO, Rodrigo ainda afirmou que não procede os valores de cobranças citados pelo representante da empresa de provedor de internet.

Numa reunião ocorrida em 12 de junho desse ano, em Salvador, entre provedores de internet e a Companhia de Energia Elétrica da Bahia, ficou decidido a formação de um grupo de trabalho para tratar do assunto, mas até o momento as duas partes não chegaram a um acordo. A ação da Coelba em Ipiaú deve prejudicar milhares de usuários de serviços de internet. Vale ressaltar que a OI, única autorizada perante a Coelba, é sempre criticada pelos serviços de internet de má qualidade oferecidos no município. (Giro Ipiaú)