terça-feira, 31 de outubro de 2017

Mais de dois mil professores já foram ameaçados em sala na Bahia

Mais de dois mil diretores e professores do estado da Bahia já foram ameaçados por alunos da rede pública. Ao mesmo tempo, mais de 11 mil já presenciaram algum estudante cometer uma situação de violência com outro professor ou funcionário da instituição. Os dados fazem parte do 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta segunda-feira (30) pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Além disso, 505 professores e diretores disseram já ter sido vítimas de um atentado à vida na escola em que trabalham "no último ano" – os dados são de 2015 e atribuídos ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e à Prova Brasil. Leia mais no CORREIO

0 comentários:

Postar um comentário