quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Natan Ferreira, um volante a disposição da seleção de Ipiaú

Natan de Souza Ferreira tem tudo pra ser um jogador de futebol bem sucedido.
Ele mora na Rua do Curral, tem a profissão de tatuador e sabe jogar futebol como poucos da sua idade. Natural de Ipiaú, Natan de Souza Ferreira, 18 anos, faz parte do grupo de jogadores da Seleção que ainda não teve a oportunidade de atuar neste Intermunicipal. Pela primeira vez inscrito na competição ele teve uma única chance de ficar no banco de reservas. Isso aconteceu domingo passado, no jogo de ida, em Uruçuca. O momento era favorável, pois o time precisava de um volante com as suas qualidades, já que o titular Draider não estava bem. O treinador optou por outras  alternativas. Natan acredita que a Seleção de Ipiaú supere as dificuldades, saia da crise e vença Uruçuca no próximo domingo, no Estádio Pedro Caetano. Com isso ele torce e espera que novas oportunidades surjam para os atletas que ainda não jogaram. A trajetória de Natan começou na Escolinha do Professor  Biléu de onde foi encaminhado para a Doce Mel. Foi nesta equipe modelo do futebol de base da região que conquistou o titulo de campeão da Copa Graviola, em 2014. No ano passado disputou a Copa de Bairros pelo time dos “Meninos da Vila” e este ano disputa a mesma competição pelo elenco dos Troglos. Torcedor do Flamengo, admirador do craque Willian Arão, Natan de Souza Ferreira tem tudo pra ser um jogador de futebol bem sucedido. Que assim seja. (Giro/José Américo Castro).

0 comentários:

Postar um comentário