segunda-feira, 9 de outubro de 2017

PF deflagra operação contra fabricação clandestina de suplementos alimentares

A operação visa coibir crimes praticados por um empresário da cidade de Feira de Santana.
Polícia Federal, com o apoio da Vigilância Sanitária e Ambiental do Estado (Divisa), deflagrou, na manhã desta segunda-feira (09), a Operação Hedonikos, que visa coibir crimes praticados por um empresário da cidade de Feira de Santana, que, entre outros ilícitos, atuava na fabricação clandestina de suplementos alimentares que eram distribuídos para toda a região Nordeste. Segundo a PF, a investigação começou há cerca de três meses com o objetivo inicial de apurar fraudes cometidas por esse empresário contra a Caixa Econômica Federal, mediante a abertura de contas bancárias e obtenção de empréstimos fraudulentos com a utilização de documentos falsos. Ainda de acordo com a polícia, constatou-se que o empresário obteve a alteração de seu nome em virtude de decisão judicial de reconhecimento de paternidade, e passou a utilizar o seu nome antigo para o cometimento de uma gama variada de fraudes, desde abertura de contas bancárias em instituições financeiras à constituição de empresas, tudo com o nome, CPF e RG já inativos, tendo como consequência a inadimplência perante os bancos e não pagamento de tributos das empresas. A polícia detalha que o débito só com a Caixa Econômica Federal ultrapassa a cifra de seis milhões e meio de reais.

0 comentários:

Postar um comentário