sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Ubatã: Dono de bar fica ferido ao tentar separar briga de clientes

Homem foi atingido na mão esquerda por golpe de facão (Foto: Ubatã Notícias)
Um homem identificado como Ednailton Araújo de Jesus, de 34 anos, foi atingido, por volta das 22h desta quinta-feira (26), na rua Reginaldo Machado, a rua da Várzea, em Ubatã, por um golpe de facão na mão esquerda. Segundo informações de populares, a vítima possui um bar e teria havido uma briga entre dois clientes dentro do estabelecimento. O proprietário teria repreendido a dupla e um deles acabou acertando um golpe de facão na mão de Ednailton. Após a tentativa de homicídio, o suspeito, que não teve o nome revelado, fugiu. Ednailton foi conduzido ao Hospital César Monteiro Pirajá e após ser atendido pela equipe médica, acabou liberado. Guarnições da PM realizam diligências, mas não conseguiram prender o suspeito. A Polícia Civil investiga o caso. 

Homem é esfaqueado na região do pescoço
A noite de quinta-feira registrou mais um caso de violência em Ubatã. Um homem identificado como Antônio Lopes Paixão, de 57 anos, mais conhecido como ‘Lambu’, foi atingido, por volta das 22 desta quinta-feira (26), por um golpe da faca próximo à região do pescoço. O crime ocorreu nas Casas Populares, Bairro Relíquia, às margens da BR-330. Segundo informações de familiares passadas à Polícia Militar, a confusão teria sido iniciada entre um homem identificado apenas pelo prenome de Tafia e a filha da vítima. A informação é que Tafia teria tentado matar a filha de Lambu, que teria corrido até a casa do pai, que ao ver a cena tentou defender a filha, mas acabou atingido. Tafia ainda teria tentado matar a esposa e outro filho da vítima. Logo depois, o suspeito fugiu por uma roça de cacau. Lambu foi conduzido ao Hospital César Monteiro Pirajá, em Ubatã, e em seguida transferido para o Hospital de Base, em Itabuna. Ele estava consciente, mas o seu estado inspirava cuidados. Guarnições da PM realizaram buscas à procura do suspeito, mas não o encontraram. A Polícia Civil investiga o caso. 
*Ubatã Notícias

1 comentários:

Postar um comentário