quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Casal de prefeitos afastados por suspeita de fraudar contratos se apresenta à PF

Prefeita de Porto Seguro, e o seu esposo, prefeito de Eunápolis, são acusados de fraude milionária.
Os prefeitos de Eunápolis, Robério de Oliveira, e Cláudia Oliveira, de Porto Seguro, se apresentaram na sede da Polícia Federal (PF) em Porto Seguro, nesta quarta-feira (8). Robério e Cláudia, que são casados, entraram pela porta da Polícia por volta das 9h. Os dois prestam depoimento à Operação Fraternos, deflagrada nesta terça-feira (7). Conforme o delegado dos dois gestores, Maurício Vasconcelos, os prefeitos não puderam se apresentar na terça porque o defensor não conseguiu viajar para Porto Seguro durante o dia. Vasconcelos ainda disse que os acusados estavam em viagem quando foi deflagrada a ação.
Casal de prefeitos chegou na sede da PF por volta das 09 da manhã dessa quarta (Foto: Radar 64)
Conforme a Polícia Federal, junto com o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, irmão de Cláudia Oliveira, os três fraudaram licitações em um esquema de “ciranda de propina” em que empresas de familiares eram beneficiadas em contratos com as prefeituras envolvidas. Estima-se em cerca de R$ 200 milhões o rombo causado aos cofres municipais.  Robério, Cláudia e Agnelo estão afastados dos cargos que ocupavam por decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. *Informações do Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário