terça-feira, 28 de novembro de 2017

Municípios baianos vão receber mais de R$ 186 milhões de apoio financeiro

Em outubro, prefeitos baianos fizeram grande mobilização em Salvador (Foto: Divulgação)
Dos R$ 2 bilhões cedidos aos municípios brasileiros por meio da liberação da medida provisória emergencial do Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), as cidades baianas terão R$ 186,4 milhões para ajudar a equilibrar as contas. O recurso foi resultado da reivindicação dos prefeitos brasileiros que realizaram protesto, na capital federal, na última quarta-feira (22). O AFM auxiliará os municípios em áreas prioritárias como pagamento de décimo terceiro salário, prestadores de serviços, fornecedores e a manutenção dos serviços de saúde, educação e assistência social. Segundo o prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, a luta agora é que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) seja liberado pelo Governo do Estado em dezembro.

Valor que cada município vai receber
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) calculou quanto cada Município deve receber do Aporte Financeiro aos Municípios (AFM), no valor de R$ 2 bilhões. Segundo o calculo da Confederação Nacional de Municípios, Ipiaú receberá R$ 601.039,25. Já o município de Itagibá (R$ 300.519,62); Dário Meira (R$ 240.415,70); Aiquara (R$ 180.311,77); Ibirataia (R$ 360.623,55  ); Jitaúna (R$ 240.415,70 ); Barra do Rocha (R$ 180.311,77); Ubatã (R$ 420.727,47). Veja mais

0 comentários:

Postar um comentário