quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Policiais receberam R$ 1,4 milhão de prêmio por apreensão de armas na Bahia

 O número é 314% maior do que as apreensões realizadas no ano passado.
Policiais civis e militares, responsáveis pelas apreensões de armas de janeiro a outubro deste ano no estado, receberam R$ 1,4  milhão com base no Prêmio Especial, instituído pelo governo do estado em 2011. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15) pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP BA). A gratificação prevê o pagamento em dinheiro, dividido em três faixas: R$ 300  para revólveres 38 e pistola 380; R$ 600 para pistolas ponto 40, 45 e 9 milímetros; R$ 1,5 mil para fuzis, metralhadoras e espingarda calibre 12, por exemplo. No período foram apreendidas 4.028 armas no estado. Desses, 22 fuzis foram apreendidos. O número é 314% maior do que a quantidade total de armamentos desse tipo apreendidos pela polícia na Bahia em todo ano passado. Os policiais também recolheram 12 metralhadoras contra nove em todo ano passado. Além disso, foram tiradas de circulação 1.032 espingardas, 2.181 revólveres e 555 pistolas. O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, afirma que o aumento das apreensões de armas de grosso calibre é explicado pelo trabalho integrado entre as polícias. Os números, entretanto, não incluem as apreensões realizadas em conjunto com as polícias em outros estados e as apresentadas na Polícia Federal. *Informações do CORREIO

0 comentários:

Postar um comentário