quinta-feira, 23 de novembro de 2017

TCM opina pela rejeição das contas de 2016 de Marcos Aurélio; ex-gestor vai recorrer

Marcos Aurélio diz que vai recorrer da decisão (Foto: Ubatã Notícias)
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) opinou, nesta quinta-feira (23), pela rejeição das contas da Prefeitura de Ibirataia referentes ao exercício financeiro de 2016, sob a responsabilidade do ex-prefeito Marcos Aurélio. O Relator das Contas foi o Conselheiro Fernando Vitta. O parecer de Vitta, seguido pelo voto dos demais conselheiros, apontou que a gestão Marcos Aurélio gastou mais de 54% da receita do município com pagamento de pessoal, o que estaria em desacordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. “Em 2016, como sabemos, houve uma queda significativa das receitas, o que fez com que houvesse aumento de gasto com pessoal. A nossa equipe técnica entende, também, que o Tribunal considerou algumas despesas como sendo de despesas com pessoal, mas que de fato não são. Dessa forma, vamos ingressar, em tempo hábil, com um pedido de reconsideração das contas junto ao TCM e estamos confiantes num desfecho positivo”, disse Marcos Aurélio, que teve as contas do exercício 2013/2014 e 2015 aprovadas pelo Tribunal. *Ubatã Notícias

0 comentários:

Postar um comentário