quarta-feira, 22 de novembro de 2017

UPB pede que governo antecipe ICMS de janeiro para cobrir municípios em crise

Foto: Divulgação
A União dos Municípios da Bahia (UPB) enviou há 15 dias um ofício para o governador Rui Costa, solicitando antecipação do ICMS de janeiro para dezembro. O motivo é a situação pela qual passam os municípios do estado: mais de 200 não sabem como pagar o 13º salário dos servidores. “Nós da UPB fizemos uma carta ao governador solicitando antecipar ICMS de janeiro pra dezembro, como ele fez ano passado. Ajudou muito no fechamento das contas. Mas só isso ainda não é suficiente. Precisamos de ajuda do governo federal”, explicou o presidente da entidade, Eures Ribeiro (PSD), que está em Brasília para uma marcha de prefeitos do Brasil. Entre os municípios que enfrentam essa crise estão Serra do Ramalho, Igatorã e Tanque Novo. No protesto na capital federal, os gestores reivindicam do governo aporte financeiro de socorro aos municípios no valor de R$ 4 bilhões. Na Bahia, a UPB diz que o aporte necessário é de R$ 350 milhões. “A queda de receita, foi muito acentuada este ano. Basicamente 90% dos municípios vivem de FPM [Fundo de Participação dos Municípios] e ICMS, que são municípios pequenos gerou caos na Bahia inteira”, explicou Eures. *Bahia Notícias

0 comentários:

Postar um comentário