domingo, 24 de dezembro de 2017

Barreiras: Perito da Polícia Civil avisou no whatsapp que iria matar a esposa e cometer suicídio

Caso foi registrado na tarde desse sábado em Barreiras (Fotos: Reprodução)
Um perito da Polícia Civil, que também atuava como bombeiro militar, matou a tiros a própria esposa e cometeu suicídio no fim da manhã deste sábado (23), na cidade de Barreiras, oeste da Bahia. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o caso ocorreu na Rua Hermantino Vieira de Souza, no bairro Bandeirante. Momentos antes do ocorrido, o policial enviou uma mensagem de áudio para um grupo de WhatsApp dizendo que iria cometer o crime. A informação foi confirmada pela polícia. Na mensagem, Orlando Ladeia, de 41 anos, avisou que era para a polícia se dirigir à residência deles, deu o endereço e explicou onde ficava a chave e o controle do portão. Quando a Polícia Militar chegou ao local, Orlando Ladeia e a esposa, Dirce Ladeia, de 35 anos, já estavam mortos. Segundo informações de amigos, eles estavam em processo de separação, mas ainda viviam na mesma casa.Ainda de acordo com a PM, policiais da 83ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foram acionados após informações de disparos de arma de fogo no local. Ao constatarem o fato, os PMs isolaram a área e acionaram o Serviço de Investigação em Local de Crime (Silc), para proceder com a perícia e a remoção dos corpos. 

0 comentários:

Postar um comentário