segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Brasil: Apenas 13% das delegacias têm nº suficiente de servidores, diz estudo

Os dados são referentes ao segundo período de 2016.
Estudo divulgado nesta segunda-feira (18) pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mostra que a maioria das delegacias da Polícia Federal e da Polícia Civil tem número insuficiente de servidores para o adequado exercício das atividades, como investigação. De acordo com a publicação, somente 12,8% das delegacias da Polícia Civil têm a quantidade suficiente, e as delegacias da PF, 26,5%. Para elaborar o relatório, o CNMP visitou 6.283 das 7.138 delegacias de Polícia Civil e 249 das 336 delegacias da PF. Os dados são referentes ao segundo período de 2016. O documento foi lançado durante sessão do CNMP. Durante o ato, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse que há, para ela, o sentimento de que as delegacias de polícia "não podem mais servir de cárcere na persecução penal do país". Raquel Dodge também afirmou que, na avaliação dela, os integrantes do Ministério Público devem seguir no caminho de fazer a lei ser aplicada no Brasil. "Sobretudo, nesse aspecto da persecução penal, que é a boa atuação policial, a bem exercida, calcada na coleta hígida da prova e num tratamento mais humano em relação a todos aqueles que são investigados e presos", declarou. Os dados divulgados nesta segunda foram compilados pela Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública do CNMP. *Informações do G1