terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Ipiaú: Polícia Civil elucida caso de homens mortos a pedradas e prende autor do crime

Corpos foram encontrados na manhã do último domingo (Foto: Giro Ipiaú)
A Polícia Civil prendeu no início da noite dessa terça-feira (19), o principal suspeito de matar dois homens a pedradas no último domingo (17), na Rua Dois, bairro Santa Rita. Ele foi ouvido no dia seguinte do crime, mas negou a autoria e acusou outros três indivíduos que andavam com as vítimas. O delegado Rodrigo Fernando disse que analisou imagens de câmeras nas proximidades do local do duplo homicídio e conseguiu identificar Adeilton Pires Santos, de 23 anos, apelidado de Sorriso. Ele é visto nas imagens por volta da meia-noite e meia caminhando em direção ao local, onde Saturnino Filho Gonçalves Costa, conhecido por Jesus, tinha passado poucos minutos antes. Sorriso confessou que matou Jesus a pedradas e em seguida teria tentado incendiar o corpo dele, acendendo um fósforo na camisa da vítima.
"Sorriso" confessou o duplo homicídio, e disse que se arrepende (Foto: Giro Ipiaú)
Conforme informou o delegado, após matar Jesus, Sorriso saiu do local e foi em busca de José Alberto Oliveira Ferreira, conhecido por Beto, que estava na Rua do Posto de Saúde, ao lado do Centro de Abastecimento. Nas imagens das câmeras, aparecem Sorriso empurrando uma bicicleta e levando Beto para o local onde Jesus estava morto. Sorriso informou no depoimento que matou Beto com um tampão de uma rede de esgoto. À polícia, ele disse que não tinha motivos para o duplo homicídio, informou apenas que é depressivo e que teria feito uso de drogas misturado com medicamentos e cachaça.
Vítimas foram mortas a pedradas (Fotomontagem Giro Ipiaú)
Para elucidar o crime, o delegado Rodrigo Fernando disse que juntamente com a equipe do Serviço de Investigação, coordenada pelo Investigador Toninho Araponga, analisaram mais de cinco horas de imagens e estavam trabalhando no caso desde o domingo. "Logo depois do ocorrido, a gente foi ao local e já demos início às investigações. Fizemos o levantamento das vítimas e no dia seguinte, já na segunda-feira, identificamos alguns locais que possuíam câmeras e conseguimos identificar o autor", disse o delegado. As mortes de Jesus e Beto causaram grande revolta e comoção nos moradores do bairro Santa Rita, que lamentaram a crueldade cometida contra eles. Com a autorização da justiça, Sorriso permanece custodiado e deve ser transferido para o Conjunto Penal de Jequié. (Giro Ipiaú)

0 comentários:

Postar um comentário