segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Itabuna: Filha esconde gravidez da mãe, toma remédio e aborta em banheiro de hospital

Caso foi registrado no Hospital de Base Eduardo Magalhães, em Itabuna.
Um fato chocou funcionários que davam plantão desse domingo (10), no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Itabuna. Queixando de uma intensa dor de barriga, uma jovem de 19 anos procurou atendimento médico, acompanhada da mãe. Enquanto aguardava ser chamada, Jassiara Silva Santos foi ao banheiro e, logo em seguida, um funcionário da unidade descobriu um feto dentro do vaso sanitário. A paciente havia acabado de abortar o bebê que esperava e, ao que tudo indica, pretendia sair, sem que ninguém descobrisse seu ato. Questionada, a jovem ainda tentou se eximir da culpa, alegando que não sabia da gestação. A mãe da paciente, no entanto, não acreditou na versão da filha e pediu que o médico a examinasse. O aborto foi constatado. Jassiara havia tomado remédio para expelir o feto. Para evitar uma infecção, ela foi submetida a um procedimento de curetagem e, em seguida, liberada. A mãe, revoltada com a situação e a vergonha a que foi exposta, chegou a bater na filha enquanto deixavam o hospital. *Informações do Blog Verdinho Itabuna

0 comentários:

Postar um comentário