sábado, 20 de janeiro de 2018

Bahia é o terceiro estado que mais registrou mortes em rodovias, diz pesquisas

Carro ficou destruído e perdeu teto e portas (Fotos: Danuse Cunha/Itamaraju Notícias)
Dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal PRF), nesta sexta-feira (19), apontam o estado da Bahia como o terceiro estado que mais registrou mortes em acidentes na estrada em 2017. De acordo a pequisa, a falta de atenção dos motoristas foi um dos fatores que mais contribuiu com esse crescimento. Segundo informações do  balanço, só nas rodovias federais foram registrados 89.318 acidentes graves, resultando na morte de 6.244 pessoas e 83.978 feridos.
As vítimas estavam em um carro modelo Astra (Foto: Blog Jeferson Almeida)
Ainda de acordo com os resultados, os números de mortos e feridos são menores que os de 2016, quando 6.419 pessoas morreram e 87 mil ficaram feridas em 96.590 acidentes nas rodovias federais houve uma redução de 7,5% no total de acidentes; de 2,7% no número de óbitos e de 3,5% na quantidade de feridos. O caso mais recente e que repercutiu nas redes sociais foi o acidente no município de Planalto, onde dois jovens morreram na BR 101 e o outro foi no Prado, extremo sul da Bahia onde um homem morreu e uma mulher gravida ficou ferida. De acordo com a PRF, o tipo de acidente mais frequente no ano passado foi a colisão traseira, responsável por 18% das ocorrências. Em seguida, está a saída de pista dos veículos (17,5%). Apesar disso, o tipo de acidente que mais resultou em mortes foi a colisão frontal, em que morreram 1.904 pessoas.