quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Corpo de mergulhador que desapareceu durante caça submarina é encontrado

O gaúcho Artur Knot, de 38 anos, era morador do município de Valença (Foto: Reprodução)
Foi localizado na tarde desta terça-feira (2) o corpo do empresário Artur Knoth, que estava desaparecido desde o sábado (30), durante um mergulho para prática de caça submarina, na região da Ilha d'Ajuda, que fica no município de Jaguaripe, no baixo sul da Bahia. Segundo a polícia, Artur foi localizado durante buscas feitas por um mergulhador amigo dele, na mesma região do desaparecimento. Artur knoth tinha 38 anos, era gaúcho, mas morava em Valença, onde tinha um restaurante. Ainda não há informações confirmadas sobre o que impediu a volta do mergulhador à superfície. O delegado José Raimundo Nery, titular da Coorpin, detalha que ele usava todos os equipamentos, como a roupa específica para mergulho, mas prática de caça submarina era feita por apneia, sem a utilização de um cilindro de oxigênio. Ainda conforme a polícia, o corpo do mergulhador não ficou preso no fundo do mar, mas também não boiou provavelmente devido ao peso dos equipamentos. Desde o desaparecimento, as buscas foram realizadas também com atuação equipes de resgate que estão na costa por meio de lanchas e barcos. *As informações são do G1