domingo, 7 de janeiro de 2018

Turista morre em cachoeira na Chapada após escorregar e bater a cabeça

A vítima estava de férias com a família (Foto: Reprodução)
A turista goiana Deize Liz Borges, 55 anos, morreu depois de escorregar, cair e bater a cabeça durante um passeio pela Cachoeira do Roncador, em Lençóis, na Chapada Diamantina. Deize chegou a ser socorrida pelo grupo que a estava acompanhando na trilha, mas não resistiu. O grupo tentou levar a vítima para o Hospital Municipal de Andaraí, que fica a 97 km de Lençóis, mas Deize morreu antes de chegar à unidade de saúde. Deize estava de férias com a família, que todos os anos passa o Réveillon em uma casa em Guarajuba, no Litoral Norte baiano. Na sexta-feira (5), quando o acidente aconteceu, a vítima estava acompanhada do marido Antônio Carlos, um amigo, dos dois filhos, e da irmã.
O passeio foi registrado minutos antes do acidente, no Instagram. “Na verdade, não foi um acidente, foi uma fatalidade. Infelizmente chegou uma tromba e a água arrastou ela. Período de muita chuva, muita nascente”, contou ao Correio a voluntária da Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (Bral), Marta Érica Oliveira, 38, que não estava presente no momento do acidente, mas acompanhou os relatos de conhecidos. O corpo de Deize foi levado para Goiânia neste sábado (6), onde está sendo velado no Cemitério Jardim das Palmeiras. O sepultamento está marcado para 9h deste domingo (7).

0 comentários:

Postar um comentário