quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Ba-Vi: Tribunal de Justiça Desportiva pune seis jogadores, absolve treinador e multa o Vitória

Sessão acontece no Tribunal de Justiça Desportiva (Foto: (Vitor Villar / CORREIO) 
Em sessão na sede do Tribunal de Justiça Desportiva da Bahia (TJD-BA), em Salvador, nesta terça-feira, atletas de Bahia e Vitória, envolvidos na briga generalizada ocorrida no clássico do último dia 18, foram julgados. O resultado de 3×0 em favor do Bahia, foi mantido.  Pelo lado do Vitória, o zagueiro Kanu foi condenado, pela maioria do tribunal, por agressão e está suspenso por 10 jogos, já pela denúncia de ameaça, ele foi absolvido, por 2 votos a 1. Por unanimidade, o meio-campista Yago, o meia-atacante Rhayner e o atacante Denílson foram condenados por agressão e não jogarão por oito partidas. No lado do Bahia, o volante Edson foi condenado, por 3 a 1, pela denúncia de agressão e ficará suspenso por oito jogos. Por unanimidade o zagueiro Rodrigo Becão também ficará oito partidas sem jogar, por agressão. Veja como foi o julgamento