quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Professor é preso por assédio sexual a aluna dentro de escola em Porto Seguro

Assédio teria ocorrido, segundo aluna, durante aula de educação física no Colégio Cariza.
A Polícia prendeu em flagrante no último dia 22 de fevereiro, um professor de educação física de uma escola particular em Porto Seguro. O homem é acusado de assédio sexual contra uma aluna de 16 anos. As informações são da delegada Teronite Bezerra, da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Porto Seguro. Segundo o advogado do professor, Alan Souza, o docente nega ter cometido o crime. O professor foi preso quando outra aluna de 15 anos também denunciou à polícia que sofreu assédio dele, em outro dia. Depois da prisão, durante esta semana, outras seis alunas também registaram queixa de assédio sexual contra o professor, informou a delegada ao G1. A prisão do professor ocorreu depois que a vítima ligou para o namorado para denunciar o caso e ele chamou a Polícia Militar, que prendeu o homem em flagrante. A adolescente de 16 anos disse à polícia que fazia exercícios físicos durante a aula quando o professor praticou o assédio. O caso ocorreu no Colégio Cariza, que afirmou, em nota, que o professor de Educação Física está afastado como funcionário da instituição, que toma medidas administrativas para apuração interna do caso.