sexta-feira, 9 de março de 2018

Ciclista é atropelado e vai parar em cima de carro em Porto Seguro

Filho de ciclista foi encontrado debaixo do carro; motorista foi preso acusado de embriaguez.
Um ciclista foi atropelado por um carro na noite de quinta-feira (08) no bairro Paraguai, na cidade de Porto Seguro. Com o impacto da batida, o condutor da bicicleta foi parar sobre o veículo, que teve o vidro da frente quebrado e parte da lataria amassada. O filho dele de três anos, que estava na garupa, caiu debaixo do automóvel. Motorista do carro que estava com adesivos de uma autoescola, Erlando Silva, idade ainda não confirmada, foi preso em flagrante. Segundo o delegado Valfredo Neto, ele apresentava sintomas de embriaguez alcoólica. "Também vai responder por lesão corporal no trânsito", afirmou o delegado ao Radar 64. Pai e filho foram socorridos pelo Samu e encaminhados ao pronto socorro do Hospital Luís Eduardo Magalhães. O nome do ciclista ainda não foi confirmado. Segundo a polícia, os dois estão fora de risco. A polícia ainda não concluiu o boletim de ocorrência, com a indicação da causa provável do acidente, que aconteceu em uma ladeira.  

O que diz a autoescola - Em contato com a reportagem do Radar 64, o proprietário da Autoescola Navegantes informou que o carro não pertencia mais à empresa. Segundo Ailton Malacarne Neto, o veículo havia sido vendido a uma pessoa física, em outubro do ano passado. "No mês seguinte, a transferência da documentação já havia sido concluída e o carro não estava mais vinculado ao CNPJ da autoescola", afirmou o empresário. Questionado pela reportagem porque vendeu o carro ainda com adesivagem automotiva para autoescola, inclusive com logotipo e telefones da empresa, Malacarne argumentou que a responsabilidade de remover a plotagem e a pintura é de quem compra.  “Só tiramos os equipamentos obrigatórios básicos de segurança para este tipo de atividade”, concluiu.