segunda-feira, 5 de março de 2018

Itabuna: Homem mata companheira após deixar presídio com ajuda dela

Anailton foi preso na casa da avó (Foto: Blog Verdinho Itabuna)
Na noite desse domingo, 04, na Rua Travessa Central do Bairro Maria Pinheiro, em Itabuna, Sandra Silva Santos, empregada doméstica, de 42 anos, foi encontrada morta em cima da cama de sua própria casa. A mulher teria sido morta por asfixia. O principal suspeito do crime é o seu marido, o ex-presidiário Anailton Marques da Silva, de 33 anos. Anailton já teve 4 passagens de prisões pela polícia, por diversas violações, entre elas, por agredir fisicamente Sandra, que foi a causa da sua última prisão no ano passado, cumprindo 5 meses de pena, por Agressão Física. Ele teria deixado o Conjunto Penal na última sexta-feira, com a ajuda de Sandra. Anailton foi preso minutos após o crime, na casa da avó. O Departamento de Perícia Técnica encontrou duas perfurações pequenas em uma das pernas e marcas de espancamento, tanto no corpo, quanto no rosto de Sandra. O suspeito foi levado pela polícia para depor na Polícia Civil de Plantão, e lá, ele afirmou repetidas vezes que é inocente, usando o argumento de que foi ela quem o tirou da cadeia, portanto não haveria motivo para matá-la (veja vídeo). O motivo do assassinato ainda é desconhecido.* Informações do Blog Verdinho Itabuna