quinta-feira, 19 de abril de 2018

Chilenos são presos suspeitos de arrombar casas em bairros nobres de Salvador

Chilenos foram presos após identificação por câmeras de segurança de prédios (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Dois chilenos foram presos suspeitos de arrombamentos de casas nos bairros da Graça e Barra, em Salvador, segundo informações da Polícia Civil. A dupla também é apontada como responsável por furtos em lojas de shoppings da capital baiana. De acordo com a polícia, após investigação realizada pela equipe da 14ª Delegacia Territorial (DT), da Barra, Juan Luís Flores Espejo e Cristian Zamorano Cortez moram em Salvador há quatro meses. Eles faziam parte de uma quadrilha que praticava o mesmo tipo de crime no Rio de Janeiro.
Relógios, joias, óculos e outros produtos foram apreendidos com a dupla (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Ainda segundo a polícia, câmeras de segurança de prédios e estabelecimentos comerciais ajudaram na identificação dos chilenos. A delegada Carmen Dolores, responsável pela unidade da Barra, informou que a dupla tentou descartar uma pulseira que havia roubado durante a abordagem policial. Juan Luís e Cristian Zamorano moravam no bairro da Saramandaia, região de Pernambués, em Salvador. No local, eles vendiam produtos adquiridos nos furtos e roubos cometidos em shoppings e casas de bairros nobres de Salvador. A polícia informou que os suspeitos já cumpriram pena no Chile. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a prisão da dupla ocorreu na noite de terça-feira (17), mas as informações só foram divulgadas na quarta (18). Diversos produtos como relógios, bonés, joias e óculos foram apreendidos pela polícia. Os chilenos foram autuados em flagrante por furto e roubo, além de receptação. Eles estão custodiados na unidade policial, à disposição da Justiça, e devem ser encaminhados para o sistema prisional. *Matéria reproduzida do G1