quarta-feira, 18 de abril de 2018

Ipiaú: Moradores reclamam de transtornos causados por gatos na Rua Waldemiro Santos

Imagem ilustrativa.
Moradores da Rua Waldemiro Santos e adjacências, no centro da cidade, reclamam dos transtornos que dezenas de gatos estão causando na área. Mau cheiro de urina e fezes, invasão de domicílios, miados incessantes, risco de transmissão de doenças, desafiam uma ação da Vigilância Sanitária que, inclusive, já foi comunicada do fato. Um morador que preferiu manter seu nome no anonimato informou que são cerca 50 gatos e que a situação que já dura alguns anos. “O cheiro é insuportável, os bichos passam fome e invadem nossas casas em busca de comida, trazem restos de insetos, ratos, morcegos, baratas e até cobras que eles capturam na beira do rio, sem falar na possibilidade de pulgas. Miam dia e noite, rasgam sacos de lixo, sujam a rua, não dá para aguentar”, relata. O denunciante observa que a população felina na área tem crescido com rapidez. 

Uma moradora que também preferiu não se identificar afirma que os gatos da vizinha ‘passeiam’ pela residência dela e incomodam demais. “À noite, fazem muito barulho. Já peguei gato dentro do meu quarto, em cima do carro, que fica todo marcado. Eles até rasgaram o forro do meu sofá”, revela. Os denunciantes asseguram que o criatório foi iniciado por uma senhora, com residência próxima à Pousada Rio das Contas. “Os gatos iam nascendo e ela pegando estima por eles. Tem gente que vem de longe e deixa gatos recém nascidos na porta da casa dela, aproveitando da sua boa vontade e aumentando o nosso problema”, explicou outro cidadão. Outra situação que incomoda os moradores da Waldemiro Santos é a utilização de um prédio, onde funcionou um restaurante, como ponto de usuários de drogas e sanitário público, além de abrigos de mendigos. “Como se não bastasse tudo isso, existe na área grande incidência de escorpiões. É preciso uma providencia urgente”, conclui o primeiro reclamante. (Giro Ipiaú)