terça-feira, 10 de abril de 2018

Ipiaú: Homem confessa que roubou R$ 53 mil de lotérica, mas diz que perdeu dinheiro no rio

Tinho se apresentou na delegacia, mas disse que o dinheiro foi levado pelas águas do Rio de Contas.
O segundo envolvido no roubo de um malote com R$ 53 mil da lotérica Ipiaú se apresentou na delegacia da Polícia Civil, no final da tarde dessa terça-feira (10). Ernesto Sabino dos Santos, apelidado de Tinho, era procurado pela polícia desde o início da noite de segunda-feira (09), quando o seu comparsa foi localizado pela PM e apresentado na delegacia. Após se apresentar na delegacia com a presença de um advogado, Tinho contou que na fuga atravessou o Rio de Contas a nado, e acabou perdendo a arma e o malote de dinheiro. "Ele confessou o crime e afirmou que quando estava em fuga resolveu atravessar o Rio de Contas, que corta as Cidades de Ipiaú e Itagibá, momento em que, supostamente, a correnteza estava muito forte e, segundo ele, acabou levando o malote com todo o dinheiro subtraído e a arma utilizada no crime", relatou o delegado Rodrigo Fernando. 
Tinho e João do Bar são acusados de roubar o malote da lotérica Ipiaú.
Durante o depoimento, sabendo que o suspeito não estava mais no período do flagrante, o delegado numa ação rápida e precisa solicitou à justiça, a prisão preventiva de Tinho. O delegado informou que a dupla permanece presa no Complexo Policial e deve ser transferida em breve. Tinho é apontado nas investigações como o mentor do roubo e o indivíduo que sacou a arma e roubou o malote. O comparsa dele, Josenaldo dos Santos, conhecido também como "João do Bar", foi preso com a moto usada no assalto. O roubo ao malote ocorreu no início da tarde de segunda-feira (09), quando a quantia de R$ 53 mil era levada para ser depositada na agência bancária. (Giro Ipiaú)