domingo, 8 de abril de 2018

Ba-Vi: Ônibus atacado por pedradas na chegada ao Barradão e torcedores baleados

Ônibus do Bahia é atacado por pedras na chegada ao Barradão (Gabriel Rodrigues/ CORREIO)
O ônibus que levava o Bahia para o clássico Ba-Vi deste domingo (8), no Barradão, foi atacado por pedradas na chegada ao estádio. Apesar da presença da polícia, os torcedores não se intimidaram e continuaram atacando com latas e pedras. A PM utilizou bombas de efeito moral para dispersar a público. Nenhum jogador ficou ferido, mas os estilhaços chegaram a cair em cima do técnico Guto Ferreira e de alguns jogadores. 

Torcedores baleados
Pela manhã, três homens foram baleados por volta das 8h30 na sede da torcida organizada do Bahia, a Bamor, no bairro do Tororó, em Salvador. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) dois homens em um HB 20 branco efetuaram disparos contra integrantes da Bamor na porta da sede da entidade localizada na Travessa Florêncio Passos, no bairro do Tororó. O torcedor do Vitória Tiego Santos Silva, de 24 anos, foi baleado por volta das 11h deste domingo (08) na Estada da Cocisa, em Paripe. Tiego, segundo registro feito no posto policial do Hospital do Subúrbio, foi alvejado nas costas e nas nádegas. Na situação, outro torcedor do Vitória, foi agredido com um soco no olho. Neste domingo acontecerá a final do campeonato baiano onde o Bahia e o Vitória disputam o título do estadual de futebol.  *Com informações do CORREIO