terça-feira, 15 de maio de 2018

Audiência Pública nesta quarta-feira (16) quer decidir destino do Rio Novo Tênis Clube

Audiência Pública acontece nesta quarta-feira na Câmara Municipal de Ipiaú.
Acontece na noite desta quarta-feira, 16, no Salão do Plenário da Câmara Municipal de Ipiaú, a  segunda audiência pública para discutir a questão do Rio Novo Tênis Clube que tornou-se objeto de uma disputa entre a comunidade e um empresário de Juazeiro que afirma ser dono do espaço pelo fato de ter adquirido uma área de aforamento junto a uma herdeira do ex-prefeito José Motta Fernandes. As benfeitorias feitas pelos sócios do clube continuam sobre o terreno e a população entende que o imóvel é um bem público. A disputa ganhou a esfera judicial, mas pode ter desfecho com um processo de desapropriação por parte do município. O antigo prédio já foi tombado como Patrimônio Histórico, Cultural e Arquitetônico do Município de Ipiaú e isto lhe assegura preservação  e restauração da linhas originais.

Muita gente promete comparecer à Audiência Pública que foi convocada pelo vereador Claudio Nascimento, com apoio do Coletivo Cultural de Ipiaú e outros segmentos da comunidade local. No próximo dia 29 de maio, o Rio Novo Tênis Clube  completará 69 anos de existência. No ano passado, na mesma data, foi realizada a primeira audiência pública em defesa do patrimônio que foi inaugurado no ano de 1949 e teve como primeiro presidente o farmacêutico Waldemiro Santos. Ele encabeçava uma diretoria formada por Salvador da Matta, Protógenes Jaqueira, Manoel Pinto (Mapin), Ademar Esteves, Edvaldo Santiago e Odilon Santos Costa, dentre outros cidadãos que deram valiosa contribuição na estruturação do município de Ipiaú.  (GIRO/José Américo Castro).